Quem sou eu

Pesquisar este blog

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Visite o portal da Amazônia

Belém do Pará

Santa Maria de Belém do Grão Pará, ou simplesmente Belém, é uma cidade de gente hospitaleira e beleza única é considerada o portal da Amazônia. Ocupa uma área de 51.600 ha, onde mais da metade representam ilhas. Partes baixas da cidade e das ilhas são inundadas diariamente pelas águas das marés, enquanto as zonas mais altas alcançam no máximo 14 m acima do nível do mar. Belém possui clima quente e úmido, com temperatura média de 26º C e umidade de 80 a 90% normalmente, e precipitação pluvial anual de 2500 a 3000 mm. A estação chuvosa é de dezembro/janeiro a maio e a seca de junho a novembro/dezembro. Belém foi fundada em 12 de janeiro de 1616 pelo Capitão-Mor Francisco Caldeira Castelo Branco, quando foi construído, no encontro dos rios Pará e Guamá, na elevação chamada pelos índios Tupinambás de Mairi, , um forte de madeira, coberto de palha, denominado Forte do Presépio. Hoje lá se encontra o Forte do Castelo. Belém viveu seu apogeu durante o ciclo da borracha, quando imigrantes nordestinos aumentam sua população. Para a época (virada do século IXX), Belém começa a assumir aspecto de grande capital, quando ruas eram calçadas com paralelepípedos de granito importado de Portugal, surgiam os grandes edifícios públicos, os serviços telegráficos através de cabos submarinos, a drenagem dos alagados do Reduto, o sistema de iluminação a gás e o majestoso Teatro da Paz. O mercado municipal, hospitais, quartéis, cemitérios, todos resultaram da pujança da economia da borracha, mas os subúrbios periféricos permaneceram até 1950 como simples aglomerados e o espaço rural quase que intocado, sendo fonte de produtos de extrativismo, lenha e carvão, e lugar para vivendas e retiros das famílias com poder. Belém é rica em história, em cultura e em natureza, que pode ser vista na sua forma mais exuberante em cada uma de suas ilhas, verdadeiros paraísos ecológicos, que circundam a cidade. Belém é rica em cores, cheiros e sabores, que podem ser sentidos em cada esquina, nas especialidades da culinária mais típica do Brasil, fruto da natureza pródiga, da colonização portuguesa e das heranças índia e africana. Essa miscigenação cultural e racial também se faz presente no artesanato e o folclore riquíssimos, um lado uma cidade moderna em perfeita harmonia com natureza, digna de uma metrópole amazônica, e do outro, a arquitetura secular de origem nitidamente portuguesa, com um toque do neoclássico francês. A culinária é excepcional pela sua variedade, com elementos europeus e indígenas, mais ou menos misturados. Apesar do calor da região, muitas comidas são quentes e apimentadas, com caldos de plantas regionais, como o tucupí, que é retirado da mandioca. As frutas, com sabores e cheiros inconfundíveis e desconhecidos para pessoas de regiões não tropicais, podem ser saboreadas in natura ou como sucos e sorvetes de superior qualidade. A culinária é excepcional pela sua variedade, com elementos europeus e indígenas, mais ou menos misturados. Apesar do calor da região, muitas comidas são quentes e apimentadas, com caldos de plantas regionais, como o tucupí, que é retirado da mandioca. As frutas, com sabores e cheiros inconfundíveis e desconhecidos para pessoas de regiões não tropicais, podem ser saboreadas in natura ou como sucos e sorvetes de superior qualidade. O Ecoturismo é uma atividade que tem como fundamento a conservação do meio ambiente, dos ecossistemas, e pode e deve aproveitar a mão de obra local para o desenvolvimento de diversas atividades, criando assim diretamente emprego e renda para as populações locais, e indiretamente para as populações das cidades. Pela sua natureza, de forte atração de turistas nacionais e estrangeiros, é um exportador de serviços e importador de divisas. Faz entrar dinheiro externo na região, o que significa uma fonte importante para a ativação geral da economia.

SITES RELACIONADOS:
Prédio da CDP
Palácio Lauro Sodré
( governo do Pará)
Palácio Antonio Lemos
(Prefeitura de Belém)

Ver-o-peso

Casa das onze janelas
Mercado de São Braz

Forte do Castelo



Mosqueiro
(balneário com praias de água doce)

Portal de Mosqueiro

Parque Zoobotânico
Rodrigues Alves


Praça Batista Campos



Basílica de Nazaré (esq.)

Venda de artesanato popular em Icoaraci (acima)
Aldeia Cabana
Eventos populares (abaixo)


Parque da Residência
Antiga casa dos governadores

Igreja da Sé (abaixo)

Palacete Bolonha

Nenhum comentário:

Bandeira da ASDECON

Bandeira da ASDECON
ASSOCIAÇÃO DOS DESCENDENTES DE CONFEDERADOS AMERICANOS NA AMAZÔNIA

Brasão da família Vaughan

Brasão da família Vaughan

ClickComments

Arquivo do blog

ESCLARECIMENTO / EXPLICATION

Esclarecemos que em função de erros cometidos por ocasião das escriturações nos cartórios de Santarém, durante os registros de nascimentos, diversas famílias de origem confederada (Wallace, Hennington, Rhome, Pitts, Riker, Vaughan, Jennings, etc...) tiveram seus nomes escriturados de forma errada.
A família VAUGHAN, por exemplo, assumiu algumas formas diferentes de escrituração: Vaughon, Waughan e Wanghon.
Recentemente alguns descendentes da família VAUGHAN e de outras famílias, com o auxílio de advogados e seguindo as árvores genealógicas, efetuaram as correções devidas nos cartórios locais e passaram a escrever corretamente os seus nomes.
Devido a pronúncia do nome VAUGHAN ser diferente da forma que é escrita, alguns descendentes passaram a adotar a denominação de “Von”, mas tão somente para facilitar o entendimento da leitura, sem alterar a forma de registro.

We clarified that in terms of errors committed during the notary records in Santarém, in the records of births, several families of confederates (Wallace, Hennington, Rhome, Pitts, Riker, Vaughan, Jennings, etc ...) had their names entered in wrong. The family VAUGHAN, for example, took a few different ways to book: Vaughon, Waughan and Wanghon. Recentemente VAUGHAN some descendants of the family and other families with the help of lawyers and following the tree, made the necessary corrections in notary places and began to write their names correctly. Due to the pronunciation of the name VAUGHAN be different from the way it is written, some descendants moved to adopt the name of "Von", but only to facilitate the understanding of reading, without changing the way of record.