Quem sou eu

Pesquisar este blog

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Élvio Fonseca (In memorian)



Seu Élvio na festa de formatura de sua filha Eloisa
 
O desportista Élvio Fonseca foi um grande tricolor que mereceu homenagens diversas da crônica esportiva Santarena, incluindo a do cronista esportivo Raimundo Gonçalves em matéria que escreveu para a série “Memória”, na edição do jornal GAZETA (semana de 26/04/2005?).

A foto abaixo, raríssima, é uma das que ilustra o texto de Gonçalves. Mostra a equipe do Mariano (1946), cujas cinzas daria origem ao Fluminense de Santarém, criado por seu Élvio Fonseca.


Élvio Fonseca morreu próximo de completar seus 81 anos. Ele estava há cerca de um mês, em sua casa de Belém, tentando se recuperar de um AVC (acidente vascular cerebral). O desportista não resistiu e veio a falecer. Foi enterrado em Santarém.

Destacam-se (esq. p/ dir.:): Odorico Almeida (diretor), Roque Gomes, José Maria Pretinho, Valdomiro, José Maria, Calandrinho e Tertuiano Sousa (diretor). De joelhos: Élvio Fonseca, João Batista (Cecebuta) e Moacir. Sentados: Cecy, Sabá Bode e Nego Otávio.



Seu Élvio foi um dos fundadores da liga Esportiva de Santarém, da igreja de Fátima (que originou o nome do bairro) e do Fluminense Atlético Clube de Santarém do qual foi presidente por 19 anos consecutivos, e 30 anos alternados, seguido de perto por seu filho, o não menos tricolor, Eduardo (atual presidente do clube).

Nos áureos tempos do Fluminense, no qual fazia parte de um seleto grupo de desportistas tricolores que levaram o clube da Presidente Vargas a conqusitar muitas gloriosas. Dentre eles, estão Renato Sussuarana, José Azevedo (falecido), Gerardo Monteiro (já falecido) e Reinaldo Wanghon Monteiro (também falecido).

Quem não se lembra das concorridas festas de final de semana ou dos bailes de carnaval que o Fluminense realizava? E as serestas das noites de sexta-feira patrocinadas pelo clube tricolor?

Seu Élvio e seus abnegados amigos estavam sempre presentes, organizando, limpando e arrumando as coisas.

Foi-se um despostista dos tempos românticos do futebol que nos deixa muitas saudades e bons exemplos.

Aos amigos, Eduardo, Augusto, Carlos, Elvio Jr., Heloisa e demais famílires, os nossos sentimentos e a nossa homenagem a um grande companheiro e amigo.
Na certeza de que seu Élvio cumpriu bem a sua jornada terrestre.

Aniversário

No dia 10/03/2008, a Escola Municipal Fluminense, na avenida Presidente Vargas, completou 37 anos de existência.

Foi idealizada por ex-diretores do clube - Raimundo Brito, Geraldo Costa Nogueira, Élvio Fonseca, Rosinaldo Maia, Renato Sussuarana, Ribamar Vieira, Clodoaldo Sousa e Fridolino Ribeiro. Funcionou no início no próprio clube. Em agosto de 1978, passou a funcionar em prédio próprio, quando o prefeito à época era Paulo Lisboa. A primeira diretora da escola foi Mariacélia Marques Monte. Funciona nos turnos da manhã e tarde. O atual diretor é Geraldo Nogueira.

fonte: http://www.jesocarneiro.com/geral/aniversario.html

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Wilson Fonseca - Maestro Isoca


Índice
1 Biografia 2 Obras 3 Discografia 4 Reconhecimento 5 Livro 6 Ligações externas

Biografia
Wilson Dias da Fonseca, nascido em Santarém, dia 17 de novembro de 1912, também conhecido por maestro Isoca, é um compositor praticamente autodidata. Musicista com reconhecimento no Brasil e no exterior, grande incentivador da cultura, do folclore e da história da Amazônia, atuando também como fundador da Academia Paraense de Música (cadeira nº 24, que tem como patrono seu pai, o maestro José Agostinho da Fonseca (1886-1945)) e membro da Academia Paraense de Letras (cadeira nº 7).
Funcionário aposentado do Banco do Brasil, jamais se afastou de sua terra. Ao falecer, deixou viúva a Srª Rosilda (Hennington) Malheiros da Fonseca, 89 anos, que é bisneta de Richard Hennington. Ela reside em Florianópolis (SC), em companhia de sua filha Maria das Dores. Isoca deixou também 6 filhos, além de netos, quase todos dedicados à música.
Wilson Fonseca faleceu em Belém, no dia 24 de março de 2002, com 89 anos, e foi sepultado em Santarém.

Obras
A obra musical de Wilson Fonseca, vai do popular ao erudito, e está reunida em 20 volumes (4 apenas publicados), com mais de 1.600 produções catalogadas, grande parte ainda inédita. Esse acervo inclui peças para canto e diversas combinações de instrumentos, para banda, composições orquestrais e líricas, além de arranjos e transcrições.

Residência do lendário maestro Isoca. Na esquina da Floriano Peixoto com Francisco Corrêa.

Principais Obras:
Hino de Santarém”- “Canção de Minha Saudade.
“Um Poema de Amor”.
“Terra Querida”.
“Lenda do Boto”.
Abertura Sinfônica Centenário de Santarém" 1948).
América 500 Anos” poema sinfônico (1992).
“Cantata Nazarena” (deceto, 1993).
“Amazônia” - suíte em 3 movimentos, para jazz-band de 1996.
“Vitória-Régia, O Amor Cabano - ópera.
Tapajós Azul” - valsa para orquestra sinfônica de 1997.
“As Pastorinhas - peça de teatro popular.
Há, ainda, 2 noturnos, 1 sonatina, dança coreográfica do Tipiti, inúmeras peças para coral a 2, 3 e 4 vozes, diversos números para piano solo, piano a 4 mãos, canto e piano, e várias peças de câmara, dobrados para banda , além de músicas sacras, inclusive Missas.

Os Confederados
No dia 17/9/2007, há exatos 140 anos, chegavam a Santarém os confederados – sulistas que abandonaram os EUA, logo após a Guerra Civil, em busca da terra prometida, no maior êxodo político da história norte-americana. Para marcar aquele 17 de setembro de 1867, foi realzada sessão solene na Câmara Municipal de Santarém e novo “batismo” do primeiro trapiche da Pérola do Tapajós, agora (?) denominado "Terminal Fluvial Turístico Reverendo Richard Thomas Hennington", construído por ele no século XIX (1883-1884).

A Orquestra Jovem "Maestro Wilson Fonseca", sob a regência do maestro Agostinho Neto, o "Tinho", executou o Dobrado nº 22, de autoria de Wilson Fonseca, intitulado "Os Confederados".

Livro
Meu Baú Mocorongo (6 volumes) - livro de pesquisas, recordações e reflexões sobre a vida histórica e sócio-cultural de Santarém e da Amazônia.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Wilson_Fonseca

O Último Confederado na Amazônia


O livro O Último Confederado na Amazônia ou The Last Confederate in Amazon, conta a saga dos homens que sobreviveram a Guerra Civil Estadunidense e refugiaram-se no coração da Amazônia, em especial do último deles a morrer: David Bowman Riker.
Nascido em Charleston, maior cidade do estado da Carolina do Sul, Riker migrou para Santarém junto de várias outras famílias confederadas, tanto do Texas, como da Florida, da Carolina do Norte, do Tenessee, enfim, e na Pérola do Tapajós construiu sua vida, sua história. Deixou um imenso legado, com longa história, vastos relatos, muitos descendentes: e um deles sou eu.
O autor é ninguém menos que o tio-avô da minha mãe. E foi de suas próprias mãos que ganhei o presente. Com direito a autógrafo, abraços, diálogo e futuro feedback para comentários sobre o livro. Foi composto em 1983.
Já dei uma olhada na árvore genealógica, é emocionante. Realmente é muito legal ter-se um registro tão sólido de parte de nossa família.
Publicada por Alan Lemos em 1:38 AM 0 comentários
Etiquetas: , , ,

Fraternidade Descendência Americana








Colégio Dom Amando completa 65 anos


O Colégio Dom Amando foi fundado pelo bispo Dom Anselmo Pietrulla, no dia 14 de março de 1943, na cidade de Santarém, na Amazônia.

Os primeiros anos da escola foram dirigidos pelos padres franciscanos alemães instalados em Santarém. A partir de 1953 religiosos norte-americanos da Congregação da Santa Cruz passaram a administrá-lo.

Com o auge do ciclo da borracha, o governo americano pretendeu investir na construção de um hospital em Santarém. O projeto seria realizado no Hospital São José. O bispo, no entanto, viu um outro horizonte para aquele prédio e não cedeu. Os americanos, então, investiram na construção do antigo Hospital do Sesp, hoje o Hospital Municipal de Santarém.
Foi assim que, em 14 de março de 1943 o hospital transformou-se em Ginásio Dom Amando, com o aval do Ministério da Educação e Saúde – como se chamava na época – funcionando com o curso ginasial. Primeiramente, foram abertas as portas apenas para meninos, em regime de orfanato, sob a direção dos frades franciscanos.
A partir de 1951 o colégio passou a ter a direção da congregação dos Irmãos de Santa Cruz, com religiosos norte-americanos, que já desenvolviam um trabalho educacional. Esses religiosos imprimiram a experiência de educação pautada na filosofia de um de seus fundadores, Pe. Basílio Moreau, que apresentou como pilar: “a educação e a instrução lado a lado: mente não será desenvolvida em detrimento do coração”.
E em 1961 iniciou o funcionamento com o colegial, hoje o ensino médio. E em 1967 o colégio abriu as portas também para as meninas.

Administração dos frades franciscanos: 1943-1952
Administração dos Irmãos da Santa Cruz: 1953-2008

COLÉGIO DOM AMANDO - GALÉRIA DE FOTOS
(Fotos gentilmente cedidas pela direção do colégio)
Os Primórdios O Sessentão

Fonte:

Lourenço é gente nossa!



Odlaniger Lourenço Damasceno Monteiro
Lourenço é Coordenador de Curso da CESUPA http://www.cesupa.br/ (Educação, Formação), de Belém do Pará, onde trabalha desde janeiro de 2002, contando hoje com 6 anos e 9 meses.
Lourenço é filho de Reginaldo Wanghon Monteiro e Iara Damasceno Monteiro. Tem mais dois irmão que se chamam Felipe e Dadvi. É casado com Lucélia e tem dois filhos.
Lourenço é gente nossa!

Ex-seminaristas reunem-se em Santarém


Segunda-feira, 3/12/2007

Ex-seminaristas do Seminário São Pio X, de Santarém, organizaram e se encontraram no VI Encontro que os reuniu de 13 a 16 de dezembro. Muitos deles integraram a primeira turma do seminário, fundado há 45 anos por dom Tiago Ryan, falecido bispo do município.
Os organizadores do evento reuniram-se em Belém, num almoço (à direita) que contou com a participação de frei Alexandre, da Paróquia de Santo Antônio de Lisboa, em Batista Campos.
O Encontro teve início com missa celebrada na Catedral de Nossa Senhora da Conceição, em Santarém, em memória a ex-seminaristas e religiosos que já faleceram. Houve palestras, reuniões e, à noite, show beneficente com a participação do violonista Sebastião Tapajós. No dia 15, sábado, foi programado um dia de lazer em Alter-do-Chão e no domingo, a houve missa de encerramento.
O Banco da Amazônia garantiu patrocínio do Encontro.
Na foto, alguns ex-jogadores que começaram a bater bola lá no seminário: Odilson (ex-São Francisco e Tuna), Figueroa (ex-São Raimundo), Zuza (ex-São Raimundo e Tuna), Formiga (ex-São Raimundo), Manoel Siqueira, o Buda, (ex-Fluminense de Santarém). O segundo, agachado (da dir. para esq. ), de azul claro, é Reginaldo Wanghon Monteiro, um dos ex-seminaristas e membro de nossa família.
E ainda os freis Roberto e Frei Alexandre.

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Rogério Vaughan é gente nossa!


Em 1999, o jornalista e narrador Rogério Vaughan passou a integrar o time dos canais ESPN. Paraense de Santarém, filho de Ana Maria Vaughan e Antônio Sobrinho, ele já havia trabalhado em uma afiliada da Rede Globo em seu estado natal e na TV Cultura de Manaus. Teve também passagens rápidas por rádios como a Globo AM e Band FM em São Paulo. “Mas nunca tinha narrado e, no começo, foi uma aventura encarar o desafio”. Nesta fase, Vaughan contou com um apoio especial do ex-jogador Wlamir Marques, bicampeão mundial de basquete. “Durante os Jogos Abertos do Interior em São José do Rio Preto, eu treinava narração com o Wlamir, que fazia os comentários, direto da arquibancada. As pessoas à nossa volta acreditavam que estivéssemos narrando de verdade”. A experiência deu certo e hoje Vaughan narra as mais diversas modalidades esportivas – handebol, futsal, futebol, vôlei, basquete, tênis de mesa e outros. “Narrar esporte é um prazer e uma satisfação”, diz Vaughan, que afirma não ter predileção por nenhuma modalidade e é voz muito ouvida também em documentários de tevês por assinatura. Além das transmissões ao vivo, o jornalista já participou dos programas Limite e apresenta o SportSCenter. Fazer parte do time da ESPN foi missão que exigiu persistência. Mas essa história é muito melhor de ser ouvida pelo próprio Rogério, da forma como contou no programa especial É 10, dos dez anos da ESPN Brasil.

ALEXANDRE "VON" É GENTE NOSSA!



Alexandre Von recebendo a Medalha do Mérito Legislativo Newton Miranda, por ocasião da Sessão Solene em comemoração ao Dia do Legislativo (03/05/2007)










 
Alexandre Von apresenta emendas ao Orçamento 2008 

O deputado estadual Alexandre Von apresentou emendas parlamentares ao Orçamento do Estado do Pará, exercício 2008, no valor de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais), destinadas ao atendimento de projetos de cunho social, educacional e cultural, a serem executados por entidades públicas e não governamentais localizadas no Oeste do Pará.
De acordo com a iniciativa do parlamentar santareno, as prefeituras municipais de Santarém e de Óbidos serão contempladas com recursos da ordem de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), sendo que, deste valor, R$ 180.000,00 (cento e oitenta mil reais) serão destinados para a construção de um novo microssistema de abastecimento de água na Comunidade de Tabocal, no Planalto santareno. Ademais, entidades não governamentais receberão recursos que totalizam R$ 200.000,00 (duzentos mil reais). A Escola de Música Maestro Wilson Fonseca, a Filarmônica Municipal Professor José Agostinho, a Fundação Cultural Dom Tiago e o Centro Educacional João de Barro, no Município de Santarém, e a Ação Social Sociedade Beneficente Santo Antônio, no Município de Alenquer, estão entre as entidades que deverão ser contempladas com emendas parlamentares de autoria do deputado Alexandre Von.

Para ler o Ofício Nº 139/2008 SEPOF, clique aqui

Por proposição do deputado Alexandre Von, a SEARA - Associação Santarena de Estudos e Aproveitamento dos Recursos da Amazônia foi uma das homenageadas com a Medalha do Mérito Legislativo Newton Miranda, conferida pela Assembléia Legislativa do Pará. Na foto, Alexandre entrega a medalha à Sra. Rosilda das Chagas Wangham. (03/05/2007)

 

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Projeto Juruti


A Mina de Juruti está localizada no Oeste do Estado do Pará. Juruti é um antigo município, com 125 anos e cerca de 34 mil habitantes, segundo dados do IBGE, 2007, dos quais 60% residem nas 150 comunidades rurais que predominam na região.
Tradicionalmente, sua economia está baseada no cultivo da mandioca, pesca, pecuária, e demais tipos de extrativismo. Com uma reserva de cerca de 700 milhões de toneladas métricas, Juruti possui um dos maiores depósitos de bauxita de alta qualidade do mundo, necessários para atender à crescente demanda e que também possibilitou a expansão da refinaria da Alumar-Consórcio de Alumínio do Maranhão em São Luís-MA.
O projeto teve origem em 2000, quando a Alcoa adquiriu a Reynolds Metals e iniciou a prospecção mineral nos platôs Capiranga, Guaraná e Mauari. Já em 13 de Dezembro de 2007, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Pará concedeu a renovação das Licenças de Instalação de todas as estruturas da Mina de Juruti, abrangendo terminal portuário, rodovia e ferrovia, bem como infraestrutura para lavra e beneficiamento do minério de bauxita. São 35 programas que integram os PCAs, abrangendo ações de monitoramentos do clima, ar, ruídos, águas, conservação da flora e fauna, produção de mudas, educação ambiental, atendimento médico-sanitário e educacional, segurança pública, valorização e resgate da cultura local e apoio à elaboração do Plano Diretor do Município de Juruti, entre outras. PCAs, Agenda Positiva e parcerias institucionais que beneficiam Juruti são pautados nos Valores e Princípios de sustentabilidade da Alcoa para o desenvolvimento da região.
Pesquisa de opinião pública realizada pelo IBOPE- Instituto Brasileiro de Opiniões e Pesquisa em Juruti, de 19 de Janeiro a 1º de Fevereiro de 2008, demonstra que a quase totalidade (89%) da população do município encara de forma positiva o empreendimento de instalação da mina de bauxita da Alcoa no local. A maioria absoluta (54%) é expressamente favorável à iniciativa e outros 35% a aceitam e não manifestam restrições.
O maior desafio da Alcoa em Juruti é conquistar diariamente o direito de operar o empreendimento, garantindo o crescimento da região. Sustentabilidade é a marca da Mina de Juruti, apoiada nos três pilares da Alcoa: excelência ambiental, responsabilidade social e sucesso econômico.Segurança em primeiro lugar.
Em Julho de 2008, os funcionários que trabalham na instalação da Mina de Juruti, em todas as frentes de obra, alcançaram a marca expressiva de 20 milhões de homens-horas trabalhadas sem incidentes com afastamento. O recorde sem incidentes com afastamento reflete o sucesso absoluto da política de gestão de segurança do empreendimento e chegar a resultados que superam parâmetros em segurança nacional e internacional.
O terminal portuário de Juruti terá capacidade para acomodar navios de 75 mil toneladas. O porto está localizado a dois quilômetros do centro da município e fica à margem do Rio Amazonas.BeneficiamentoAs instalações industriais da área de beneficiamento de bauxita, situadas a cerca de 60 quilômetros da cidade, estão sendo erguidas nas proximidades do platô Capiranga, a primeira área a ser minerada.

Ferrovia
A ferrovia terá aproximadamente 50 quilômetros de extensão e operará com 40 vagões, cada um com capacidade de 80 toneladas. Longos trechos da ferrovia serão construídos paralelamente à Rodovia Estadual PA 257, que também ganhará melhorias como asfalto e ciclovias, nos trechos que atravessam áreas habitadas.

Alter do Chão - O "Caribe" brasileiro



Alter do Chão tem gosto de paraíso perdido
Todo mês de agosto os rios paraenses obedecem a um fenômeno da natureza: a vazante, período de menor volume de água. É ela a responsável pelo aparecimento de mais de 200 praias fluviais que brotam na região amazônica nessa época, revelando grandes extensões de areia branca e macia, bem como desvelando uma rica vegetação.
Uma das praias, porém, é tida como a mais bela: a de Alter do Chão. Apelidada pelos nativos de "Caribe brasileiro", ela dá ao turista o gostinho de ter encontrado o paraíso perdido.Magnificamente localizada na margem esquerda do rio Tapajós, a cerca de 32 km de Santarém, durante o ano inteiro, Alter do Chão é uma vila de pescadores com pouco mais de 6.000 habitantes. Mas, na época de seca, ela ganha todas as atenções. O nível da água chega a baixar dez metros, o que proporciona o surgimento de cerca de 100 km de praias. As condições são convidativas: chove pouco, a temperatura média é de 25C, e a umidade, 88%.Com 249 anos, Alter do Chão, como boa parte das vilas e cidades paraenses, carrega no nome a influência portuguesa.
O vilarejo conheceu dias prósperos, quando foi entreposto de abastecimento de lenha das embarcações que faziam a viagem Belém-Manaus, e no pós-guerra, com o desenvolvimento trazido pela exploração da borracha por Henry Ford. Quando a indústria fordista passou a comprar borracha asiática, na década de 70, a região estagnou. Agora, tenta retomar o crescimento incentivando o turismo.Longe dos períodos de pico --setembro e Réveillon--, em que o tranqüilo vilarejo chega a receber dez vezes o número de moradores, é possível encontrar praias totalmente desertas ou andar quilômetros sem ser visto. Em setembro, dá para chegar a Alter de Chão a partir de Santarém pela praia, de jipe ou de moto.Mas a autonomia de locomoção do turista depende do nível do rio. Em janeiro, por exemplo, a maioria das ilhas --ainda aparentes-- só é acessível de lancha, principal meio de transporte da região. Justamente por saberem disso, e por sobreviverem disso, os nativos cobram o salgado preço de R$ 70,00 varia conforme a pechincha e o serviço em geral é feito por agências receptivas para que o turista visite as praias do entorno durante a manhã.Nas ruas também encontram-se estrangeiros ou migrantes, que abandonaram a terra natal depois de se encantar pela vila, confirmando o poder apaixonante de suas águas e praias.LuauDa cabeceira do Macaco, no lago Verde, é possível parar a lancha e percorrer uma trilha de 1h20min até outra praia, a Ponta de Pedra.
É na Ponta de Pedra que acontece um evento típico das praias amazônicas: a piracaia. Se o turista estiver acompanhado, tanto melhor. Os moradores preparam peixe assado na brasa (em geral, curimatá ou tucunaré) e frutas, enquanto meninas dançam em volta da fogueira ao som de música local. É um típico luau amazônico. Nessa praia, pode-se procurar pela barraca do Expedito, que prepara a festa no mesmo dia e cobra por pessoa.Para quando a preguiça bater, ao contrário da maioria das cidades litorâneas, a praia do centro do vilarejo é convidativa pela qualidade da areia, pela infra-estrutura oferecida, pelo público sempre interessante e pelo nome: ilha do Amor.A maior praia --que no verão chega a invadir 1 km rio adentro-- é um dos melhores pontos para aproveitar o pôr-do-sol amazônico.CururuJá na ponta do Cururu fica outra atração de Alter do Chão: espiar os botos. Tanto o cor-de-rosa quanto o tucuxi (cinza) visitam os barcos que desligam seus motores em torno da praia no entardecer.A cidade não oferece muitos atrativos noturnos. Como todo vilarejo que se preze, a praça central costuma reunir os notívagos em torno de poucos quiosques.
A palavra Çairé origina-se dos dois termos Çai Erê, que significa “Salve! Tu o dizes”, que era usada pelos índios como forma de saudação. Entretanto, fui alertada pelo Sr. Jefferson Cardoso, conhecedor dessa história, de que há uma controvérsia quanto a grafia da palavra Çairé. Segundo ele, a palavra original era Sairé, mas a comunidade de Alter-do-Chão, achou por bem, ou talvez por associarem sua derivação à linguagem indígena, passaram denominar a festa com uma nova escrita: Çairé. Entretanto, como pode-se contatar não há na língua portuguesa nenhuma palavra que inicie-se com "ç" e segundo seu Jefferson, houve uma nova discussão sobre o assunto e por consenso, voltou-se a chamar a festa por seu nome original.
Originariamente, a Festa do Çairé era um baile indígena (puracê), cujos festejos, revelavam desde o primeiro século da colonização, já a influência das missões católicas. Era uma "corda em giro", ou melhor, uma espécie de dança de roda conduzida por um "arco", que era o motivo indígena desse préstito e festival, o centro geométrico de um animado puracê (baile). Tal arco era um semi-círculo com diâmetro e raios todos assinalados em algodão, onde deles pendem fitas vermelhas. Era ornamentado ainda, com uma cruz forrada e enfeitada, revelando o símbolo católico que o jesuíta acrescentou ao outro símbolo pagão o qual, pela forma geométrica revelada, denotava sua origem em povos americanos de civilização mais avançada, quais os astecas e os incas. É um exemplo de como foi o missionário mestiçando a fé católica, através da dança e do canto, para catequizar o índio e dominá-lo por fim. Transformou-se portanto, em uma cerimônia religiosa e profana, onde entram nela a reza e a dança. Essa, consistia em passos curtos, como o de marcar passos dos soldados, com um movimento em que uma índia do centro servia de eixo sobre o qual girava o Çairé.

Fonte:

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Confederados em Santarém - Famílias Vaughan-Jennings



JENNINGS-L Archives Archiver > JENNINGS > 2002-06
From: Andersen / De: Andersen
DisplayMail('netscape.net','anidjart'); anidjart@netscape.net
Subject:
[JENNINGS] Jennings/Vaughan families of Brazil - Translation from book - Confederates in Santarem, Brazil Subject: / [JENNINGS] Jennings / Vaughan famílias do Brasil - Tradução do livro - confederados em Santarém, Brasil
Date: Sat, 01 Jun 2002 21:42:56-0600/Data: Sáb, 01 Jun 2002

Families - Jennings-Vaughan / Famílias - Vaughan-Jennings

The couple James Vaughan-Elizabeth Britt Jennings Wilson Vaughan, with O casal James Vaughan-Britt e Elizabeth Jennings Wilson Vaughan, com their 12 children, came to Brazil making part of the group Hastings. seus 12 filhos, veio para o Brasil fazendo parte do grupo Hastings. They were originally from Silver Springs, Lebanon Pike, TN. Eles eram originalmente de Silver Springs, Líbano Pike, TN. Mr. Vaughan was a farmer in his homeland. Mr. Vaughan era agricultor em sua terra natal. In Santarem, he, his step Em Santarém, ele, o seu escalão, and children dedicated themselves, as did others, first to crianças, e as crianças se dedicavam, assim como outros, primeiro a agricultura em general, after that to planting sugar cane, depois na plantação de cana de açúcar. After that Depois disso to raising cattle, and a few years later the family initiated an se dedicou aos bovinos, e alguns anos mais tarde, a família iniciou uma industry of building steam boats. indústria de construção de barcos à vapor. Mr. Vaughan was a mason. Mr. Vaughan foi um pedreiro. (the house (a casa que that belonged to my aunt Lillian Vaughan/Pitts Franklin was sold and it que pertencia a minha tia Lillian Vaughan / Pitts Franklin foi vendido e ela é a Mason Temple in Santarem). (Mason é um templo em Santarém). Before coming to Brazil Mrs. Vaughan had a dream, where she saw herself Antes de vir para o Brasil a Sra. Vaughan teve um sonho, quando ela viu ela mesma living in a primitive house, covered by some material that was unknown vivendo em uma casa primitiva, coberta por um material que era desconhecido to her. para ela. When the family arrived at the place where they were going to Quando a família chegou ao local onde estavam indo para residir, and when she saw the house covered with straw (palha) where she, e quando ela viu a casa coberta com palha, onde ela was going to call home, the poor woman started to cry, saying: iria chamar de lar, a pobre mulher começou a chorar, dizendo: "This was the house in my dreams!" "Esta foi a casa de meus sonhos!" In the trip to Brazil, Mrs. Vaughan was wearing a belt containing Na Chegada ao Brasil, a Sra. Vaughan estava usando um cinturão contendo sterling silver in gold. prata de lei em ouro. This was all the family had to start a new Toda a família teve que começar uma nova vida life in a strange land. em uma terra estranha. However, when the boat (Red Gauntlet) stopped No entanto, quando o barco (Red Gauntlet) parou at the island of St. Thomas, like other families, they were asked to na ilha de St. Thomas, à semelhança de outras famílias, eles foram convidados a lend money to the captain of the ship. emprestar dinheiro ao capitão do navio. They were never reimbursed. Eles nunca foram reembolsadas. (This happened to all of the families, it seems like there were some (Isto aconteceu com todas as famílias, parece que houve algumas dishonest people in charge of these trips). pessoas desonestas no comando dessas viagens). In Santarem, the Vaughan family settled in Diamantino, after they had Em Santarém, a família Vaughan se instalou no Diamantino, depois de terem lived in temporary quarters provided by the government. vivido em acampamentos temporários fornecidos pelo governo. After, they Depois, eles moved to Mararu, and a few years later they acquired property in mudou-se para Mararu, e alguns anos mais tarde eles adquiridos uma propriedade em Piquiatuba. (I was in James Vaughan farm when I went to Santarem, the (Eu estava na fazenda de quando James Vaughan, chegou a Santarém, farm is a few miles from Santarem). há poucos quilómetros de Santarém). The pioneer Mr. Vaughan installed in Diamantino (engenho) a wheel moved A pioneira Mr. Vaughan instalada em Diamantino (Engenho) uma roda movida por água, and he built a log house covered by straw. e ele construiu uma casa coberta por palha log. Many years later, the Vaughan family, in their property at Piquiatuba, Muitos anos mais tarde, a família Vaughan, em sua propriedade em Piquiatuba, built a steam wheel to process rum and built a saw mill. construíu um processo de steam roda rum e construiu uma serra moinho. Besides his children with Mrs. Vaughan, Mr. Vaughan brought to Brazil Além de seus filhos com a Sra. Vaughan, o Sr. Vaughan trouxe para o Brasil his step children. o seu escalão de crianças. Mrs. Vaughan was in her third nuptials with Mr. Mrs. Vaughan estava em seu terceiro casamento com o Sr. Vaughan. From her first husband she had no children (this must been Desde seu primeiro marido não tinha filhos (tem de se John R. Wilson which was her 2nd husband) . John R. Wilson, que era o seu marido 2a). The second husband by the O segundo marido pela name of Jennings (Clem Jennings Jr. II was her first husband) and with nome de Jennings (Clem Jennings Jr. II era o seu primeiro marido) e com him she had the following children: Guilherme (William), Jorge (George ele tinha os seguintes filhos: Guilherme (William), Jorge (George Clem), Afonso (Fountain), and Diogo (James). Clem), Afonso (Fountain), e Diogo (Tiago). With Mr. Vaughan she had 10 children. Mr. Vaughan com ela teve 10 filhos. The oldest that was named Johnson O mais antigo que foi chamado Johnson (Johnson was James' son by his first wife this is incorrect), stayed in (James Johnson foi 'filho por sua primeira esposa esta é incorreto), ficou nos USA, where he later married and had children. o E.U.A., onde mais tarde casou e teve filhos. His descendants live Seus descendentes vivos in this country. neste país. The 9 remaining children of the Vaughan couple were: Os restantes 9 filhos do casal Vaughan foram: Charles (was James' son by his first wife Mary Oldham), Felix (son of Charles (Tiago era "filho de sua primeira esposa Mary Oldham), Felix (filho de James' with first wife), Benjamin (son by first wife), Edward and Willis James' com a primeira esposa), Benjamin (filho pela primeira esposa), e Edward Willis (were twins), Sallie (Sarah my great grandmother), Mattie (Martha (eram gêmeos), Sallie (Sarah minha grande avó), Mattie (Martha Amelia), Clemencia (Clementine), and Hardieth. Amelia), Clemencia (Clementine), e Hardieth. In Brazil, they adopted No Brasil, eles adotaram two english girls, Rebecca and Amy Grey, because the parents had died Inglês duas garotas, Rebecca e Amy Gray, porque os pais haviam morrido (parents were British, there were three British families that joined the (pais eram britânicos, havia três famílias britânicas que aderiram à colônia americana). american colônia). Guilherme (William), was the oldest son of Mrs. Eliza. Guilherme (William), era o filho mais velho de Dona Eliza. He married in Ele casou em Santarém the daughter of a portuguese man, by the name of com Maria Lima Santarém a filha de um Português, com o nome de Maria Lima (nick name Mariquinha). (apelido Mariquinha). William lived close to the shores of the Amazon William vivia perto da costa do Rio Amazonas. His mother, the step father, and his youngest siblings went to Sua mãe, o pai e os irmãos foram ao seu caçula visit him at one occasion and to stay with him. visitá-lo em uma ocasião e para ficar com ele. The boat where the O barco onde o family was traveling sunken and they lost all of their documents and família estava viajando de cavado e eles perderam todos os seus documentos e possessions. possessões. Fortunately, at this exact moment, a canoe full of black Felizmente, neste exato momento, uma canoa cheia de slaves appeared. escravos apareceu. They were saved by these slaves, saving all from Elas foram salvas por estes escravos, salvando todos do drowning. afogamento. It is interesting to see the hand of destiny, for the É interessante ver a mão do destino, para o southerners fled their country motivated by racial discrimination and sulistas fugido do seu país motivados por discriminação racial e the divine providence used the slaves to free them from death. a divina providência usou os escravos para libertá-los da morte. Even Par little Hardieth was saved, when she was floating in the river wrapped in Hardieth pouco foi poupado, quando ela estava flutuando no rio envolto em a blanket, the customary way the american mothers covered their babies. um cobertor, a forma usual das mães americanas cobrir seus bebês. (According to one of the letters in possession of Mrs. Casey or Sue (De acordo com uma das cartas em posse da Sra. Sue Casey ou Howell the story is different). Howell a história é diferente). Using some of his money, William built a shop to build steam boats, it Usando algum do seu dinheiro, William construíu uma loja de barcos a vapor, ela was situated in the place where now is the Municipal Market in Santarem. era situada no local onde hoje está o Mercado Municipal de Santarém. William was one of the first pioneers to use this art in the city. William foi um dos primeiros pioneiros a usar esta arte na cidade. He Ele did very well in this business, accumulating a small fortune. fez muito bem este negócio, acumulando uma pequena fortuna. He Ele traveled to the USA many times because of his business. viajou para o E.U.A. muitas vezes por causa de seu negócio. He had three Ele tinha três steam boats: Perereca, Williams, and the Colony. barcos a vapor: Perereca. These boats made Estes barcos eram feitos trips to the lower Amazon. para viagens ao mais baixo Amazonas. William was an important businessman and member of the community of William foi um importante empresário e membro da comunidade de Santarém. In the year 1895, during the festivities of the Proclamation No ano de 1895, durante as festividades da Proclamação of the Republic, William was honored when the American Colony was da República, William foi foi o americano Colony honored by his presence. homenageado pela sua presença. Mr. Jennings, responded to this honor that was Mr. Jennings, respondeu a esta homenagem bestowed upon him, and he gave a speech about the "liberty that he found e fez um discurso sobre a "liberdade que ele encontrou in this new land and the one that he knew from his homeland, the nesta nova terra e um dos que sabia de sua pátria, o violence and persecutions that brought pain in his soul, for in truth, violência e perseguições que trouxeram dor na sua alma, porque, na verdade, he was one of its victims . ele era uma das suas vítimas. Eventually, Guilherme (William) moved back to the USA. Eventualmente, Guilherme (William) voltava para os E.U.A.. In this country, Neste país, he built a factory of razor blades (shaving) that got to be known Ele construiu uma fábrica de pás navalha (barbear), que ficou a ser conhecida em todo o "Williams," named after his name. todo o mundo como "Williams", batizado em seu nome. After his death, his Após sua morte, widow returned to Santarem. viúva retornou para Santarém. Their 3 children, Euclides, Zulmira, and Os seus 3 filhos, Euclides, Zulmira, e Arlindo, stayed in the USA with their families and lived there with Arlindo, permaneceu na E.U.A. com suas famílias e viveu lá com their descendants. seus descendentes. (Apparently they stayed and still live in the USA, I (Aparentemente eles ficaram e continuam a viver no E.U.A., I don't know who his descendants are). Não sei quem são seus descendentes). George Clement Jennings, William's brother, married one of the sisters George Clemente Jennings, o irmão de William, casou com uma das irmãs of his sister-in-law, Adriana Lima, in 1879. da sua cunhada, Adriana Lima, em 1879. They had two children, Eles tiveram dois filhos, Almerinda (I think it is a girl) and Adriano ( a boy - Adrian). Almerinda (acho que é uma rapariga) e Adriano (um menino - Adrian). After awhile, George Clement became a widower, and later, he married the algum tempo depois, George Clemente ficou viúvo, e mais tarde, ele casou-se com a sister of his first wife, Antonia Lima. irmã de sua primeira esposa, Antonia Lima. With the second wife he had Com a segunda esposa que ele teve four children: Raimundo (Raymond), Alvina ( a girl), Hilario (Hilariao quatro filhos: Raimundo (Raymond), Alvina (uma menina), Hilario (Hilariao means a big Hilario, this name is like Hillary but it is a man's name), significa um grande Hilario, este nome é como Hillary, mas ele é um homem de nome), and Consuelo( a girl). e Consuelo (uma menina). Raimundo and Hilariao are dead, but the two Raimundo e Hilariao estão mortos, mas as duas daughters, which are very old now, reside in Belem, Para (Belem is the filhas, que são muito velhas agora, residem em Belém do Pará (Belém é a capital of the state of Para, this state is right next to the Amazon capital do estado do Pará, este estado que fica na entrada da Amazônia). George Clement had two steam boats, "Chata" (which can mean flat or it George Clemente teve dois barcos à vapor, "Chata" (que pode significar plana ou ela) can mean a woman that is boring, drags, etc.) and "Sereia" (which means pode significar uma mulher que é chata, arrasta, etc) e "Sereia" (que significa a mermaid). uma sereia). When he was doing well financially, he purchased a boat Quando ele estava bem financeiramente, ele comprou um barco from the USA which was big and comfortable. E.U.A. que era grande e confortável. After the first trip, when Após a primeira viagem, quando it was transporting a shipment of rubber (latex), the boat got stuck and ela estava transportando um carregamento de artigos de borracha (látex), o barco ficou preso e sunk. irrecuperáveis. Fortunately, no one drowned, only the shipment and the boat were Felizmente, ninguém se afogou, apenas a expedição do barco e foram lost. perdido. George Clement had inherited from his mother-in-law some land by the George Clemente tinha herdado da sua sogra desembarcar por alguns dos Amazon basin. Bacia amazônica. His residence in Santarem was located at Benjamin A sua residência em Santarém foi localizado a Benjamin Constant street. rua Benjamin Constant. All of the children of George Clement converted to the protestant Todos os filhos de George Clemente se converteram para o protestantismo religion after becoming adults, even though they were raised by their se tornarem adultos, apesar de terem sido levantadas pela sua mother to be catholics. mãe para serem católicos. The brother of William and George Clement, Fountain Jennings, preferred O irmão de William e George Clemente, Fountain Jennings, preferiu to return to the USA when he was still a young man. retornar para os E.U.A. quando ele ainda era um homem jovem. Lá ele casou and left many descendants, their cousins from Santarem have no knowledge e deixaram muitos descendentes, seus primos de Santarém não têm conhecimento of their whereabouts. do seu paradeiro. The fourth Jennings brother, Diogo (James), married a woman from Jennings, o quarto irmão, Diogo (Tiago), casou com uma mulher de Santarém and they had one son which they named James also. e tiveram um filho chamado James, que também. James James Jennings died tragically in a ship wreck.. Jennings morreu tragicamente num naufrágio de navio .. About the Vaughan brothers, Charles, the oldest of the Vaughans that had Sobre os irmãos Vaughan, Charles, o mais antigo do que tinha Vaughans gone to Brazil, he married Lilla Riker, and the young couple moved back ido ao Brasil, casou-se com Lilla Riker, o jovem casal e novamente transferida to the USA. ao E.U.A.. (Glenda told me that he lived in Nashville, around Wilson (Glenda disse-me que ele viveu em Nashville, em torno de Wilson County, the original place of the James Vaughan family - he was a farmer). Concelho, o local original da família James Vaughan - ele era um agricultor). Sarah (Sallie, she is my great grandmother) Vaughan was born January 26, Sarah (Sallie, ela é a minha grande avó) Vaughan nasceu 26 de janeiro de 1861. She married in Santarem to Fountain (E.) Pitts, son of Doctor Ela casou em Santarém com Fountain (E.) Pitts, filho do Doutor Josiah Pitts in April 20, 1884. Josiah Pitts, em 20 de abril de 1884. She dies in 1944, at the age of 83 Ela morreu em 1944, na faixa etária de 83 years. 83 anos. They left many descendants. Eles deixaram muitos descendentes. Martha (Mattie) Vaughan, also known as Amelia, was born June 22, 1862. Martha (Mattie) Vaughan, também conhecida como Amélia, nasceu 22 de junho de 1862. She married in Santarem with a man from Ceara (this is a state in the Ela casou em Santarém com um homem do Ceará (estado no northeast of Brazil), by the name of Joao Machado September 21, 1889. nordeste do Brasil), com o nome de João Machado 21 de setembro de 1889. She died in 1944, at the age of 82 years. Ela morreu em 1944, com a idade de 82 anos. The couple left many O casal deixou muitos descendants. descendentes. Felix Vaughan married Betty Pitts Nov. 22, 1879. Felix casou com Betty Vaughan Pitts 22 de novembro, 1879. They had many Eles tiveram muitos children. crianças. They raised cattle, and the costume at that time was to milk Elas criaram gado, e as fantasias, nesse momento o leite the cow as the milk was sold door to door in front of the customer. de vaca era vendido porta a porta na frente do cliente. Later on, they sold their property in Maica to Herbert Riker and they Mais tarde, eles venderam os seus bens no Maica para Herbert Riker e eles moved to the city of Manaus (capital of the Amazon). foram para a cidade de Manaus (capital do Amazonas). Eduardo (Edward) and Willis Vaughan were twin brothers. Eduardo (Edward) e Willis Vaughan eram dois irmãos gémeos. They were born Eles nasceram July 1869 ( I believe this date should be 1859 for they were the first Julho 1869 (creio que esta data deve ser 1859 por terem sido as primeiras children born to James and Elizabeth, and Sarah was not born until 1861 crianças nascidas de James e Elizabeth, e Sarah não nasceu até 1861 I have a census from 1860 and they are babies). Eu tenho um censo de 1860 e eles são bebês). Willis died of Willis morreu de influenza in June 29, 1898. aviária em 29 de junho de 1898. (my mother says it was called Spanish Fever (minha mãe diz que foi chamado Fever espanhol and her grandfather Fountain also died from this epidemic). Fountain e seu avô também morreu por esta epidemia). Benjamin Vaughan was sent back to the USA to finish his studies, Benjamin Vaughan foi enviada de volta para o E.U.A. para terminar os seus estudos, however, some time after being in this country, he asked his parents to Porém, algum tempo depois, ele pediu aos seus pais let him return to Brazil, because he could no longer adjust to life in para deixá-lo voltar ao Brasil, porque não podia continuar a ajustar sua vida na America. América. Later on, he married in Santarem to a woman that lived close Mais tarde, ele casou em Santarém com uma mulher que vivia perto to his families' property in Piquiatuba. da sua família "imóvel de Piquiatuba". Her name was Ana Maria and she O nome dela era Ana Maria e ela came from a modest background. veio de um modesto lugar. The couple had 8 children. O casal teve 8 filhos. All of the Todos os children were raised in Piquiatuba. As crianças foram colocadas em Piquiatuba. The house was big, with wood A casa era grande, com madeira floors, made of taipa (kind of wood) and covered with straw. andares, feita de taipa (tipo de madeira) e coberto com palha. They liked Eles gostaram this kind of roof because it was more appropriate to the climate of the este tipo de telhado porque era mais adequada ao clima da região. Mr. Benjamin Vaughan never taught english to his children. O Sr. Benjamin Vaughan nunca ensinou Inglês aos seus filhos. In Em truth, he seemed to despise it, even though he had an english accent all na verdade, ele parecia querer mal a ela, mesmo que ele tinha um sotaque todo Inglês of his life. de sua vida. Nobody knows why, but he would only speak english when he Ninguém sabe porquê, mas ele só falava Inglês quando ele talked to his domestic animals. se dirigia a seus animais domésticos. After Mr. Benjamin's death in 1912, the Depois da morte do Sr. Benjamin, em 1912, o property in Piquiatuba was sold in auction. a proprieade do Piquiatuba foi vendida em leilão. (I was told that this (Foi-me dito que este property was the farm that originally belonged to James Vaughan - his era propriedade da fazenda que pertencia originalmente a James Vaughan - o seu father, I went to this farm while I was in Santarem, the Mendonca family pai, eu fui a essa fazenda enquanto eu estava em Santarém, a família Mendonça and the Corps of Engineers are in a law suit about this land that e do Corpo de Engenheiros dizem, por uma lei sobre o fato, de que esta terra belongs to the Mendonca family). pertence à família Mendonça). Clemencia (Clementine) Vaughan died single. Clemência (Clementine) Vaughan morreu solteiro. Her sister Hardieth (Hardy) Sua irmã Hardieth (Hardy) died single also. único também morreu. Clemencia was sent to the USA when she was still a Clemencia foi enviado para o E.U.A. quando ela ainda era uma child to study. criança para estudar. Just like her brother, she also asked to return to the Assim como seu irmão, ela também pediu para voltar para land of Santarem which she loved so much. terras de Santarém, que ela tanto amava. Mr. James Vaughan, the pioneer, died in Santarem July 11, 1879. O Sr. James Vaughan, o pioneiro, faleceu em Santarém 11 de julho de 1879. Information from his descendants tell us that he was buried in his Informações a partir de seus descendentes nos dizem que ele foi sepultado na sua farm. fazenda. ( I asked Mrs. Mendonca if she knew of any graves in her land or (Perguntei para a Sra. Mendonça se ela sabia de alguma sepultura em suas terras ou where the original Vaughan house was, but she did not know, she said onde o original foi Vaughan casa, mas ela não sabia, ela disse that she would try to look for a grave in her land. que ia tentar achar uma sepultura nas suas terras. The only place O único lugar around the area where James Vaughan's farm is located that anyone was a área ao redor da fazenda onde James Vaughan é que ninguém foi localizado buried is at the Serra Piroca which has been cut into two by the Corps é enterrado em Serra Piroca, foi cortado em dois pelo Corpo of Engineers. de Engenheiros. A Confederate Cemetery marked by a huge cross on top of Um O Cemitério Confederado foi marcada por uma enorme cruz em cima de uma montanha this mountain used to exist, but at this time no one knows if the. essa montanha existem, mas neste momento não se sabe se o cemetery was destroyed when the mountain was cut in two so the airplanes cemitério foi destruído quando a montanha foi cortado em dois de modo a could fly over without hitting the huge cross). poder liberar os aviões a voarem sem bater ao longo da enorme cruz). His wife outlived him Sua esposa outlived by 17 years. por 17 anos. Eliza died at the age of 69 years old, March 9, 1896, and Eliza morreu com a idade de 69 anos, 9 de março de 1896, e she was buried at the public cemetery of Santarem, at that time Ela foi enterrado no cemitério público de Santarém, naquela época, non-catholics were allowed to be buried at the local cemetery. não-católicos foram autorizados a ser enterrado no cemitério local. (I (I visited the local cemetery and I did not find any of my Pitts or Vaughan visitaram o cemitério local e eu não encontrei nenhum dos meus Pitts ou Vaughan descendants. Desecendentes. I believe that she was probably buried at the same Creio que provavelmente ela estava enterrada na mesma mountain, but I have no proof). montanha, mas não tenho provas). In the end, remained in Santarem more the Jennings name than the Vaughan No final, permaneceu em Santarém mais do que o nome Jennings Vaughan name, even though the last ones were more in numbers in the beginning. nome, apesar de as últimas foram mais nos números da partida. Both left many descendants in Santarem. Ambos deixaram muitos descendentes, em Santarém. (the name Vaughan has been (o nome foi Vaughan changed to be spelled Wanghon, I saw this at the cemetery in Santarem. mudado para ser soletrada Wanghon, eu vi isso no cemitério de Santarém. The family is trying to fix this problem with the local authorities. A família está tentando corrigir esse problema com as autoridades locais. If Se the brazilian government was trying to spell the name Vaughan to be o governo brasileiro estava tentando soletrar o nome a ser Vaughan written easier in portuguese it would be spelled Von). escrito em Português mais fácil seria digitado Von). Telma
This thread: Esta thread:


Fonte:

DisplayMail('netscape.net','anidjart'); anidjart@netscape.net
DisplayMail('attbi.com','brakeshot'); brakeshot@attbi.com
writeFooter();
RootsWeb is funded and supported by
Ancestry.com and our loyal RootsWeb community. Learn more.About Us Contact Us Acceptable Use Policy PRIVACY STATEMENT CopyrightCopyright © 1998-2008, MyFamily.com Inc. and its subsidiaries.
var pageName="Mailing List Archives"
Outras referências:
Confederados em Santarém Por Norma Guilhon
Comprar este livro
FNAC
Livraria Cultura
Livraria Nobel
Livraria Saraiva
Submarino

Localizar este livro numa biblioteca
imigração, imigrantes, família, Mississippi, Califórnia, Belém, Alabama, Província, Guerra de Secessão, Nova Orleans, Pitts, Nova York, colónia, Henington, Tapajós, cana-de-açúcar, Oriximiná, Tennessee, Oregon, Carolina do Sul
Confederados em Santarém: saga americana na Amazônia
Por: Norma Guilhon
Publicado por: Presença, com o apoio técnico e financeiro do MinC/Pró-Memória Instituto Nacional do Livro, 1987
Original da a Universidade da Virgínia
Digitalizado pela 10 abr. 2008
ISBN 8525200298, 9788525200297
223 páginas
http://books.google.com.br/books?id=MrUYAAAAYAAJ&q=familia+jennings&dq=familia+jennings&lr=&ei=XMHjSIPeHYLmygSDpvnlBA&pgis=1&hl=pt-BR

Bandeira da ASDECON

Bandeira da ASDECON
ASSOCIAÇÃO DOS DESCENDENTES DE CONFEDERADOS AMERICANOS NA AMAZÔNIA

Brasão da família Vaughan

Brasão da família Vaughan

ClickComments

Arquivo do blog

ESCLARECIMENTO / EXPLICATION

Esclarecemos que em função de erros cometidos por ocasião das escriturações nos cartórios de Santarém, durante os registros de nascimentos, diversas famílias de origem confederada (Wallace, Hennington, Rhome, Pitts, Riker, Vaughan, Jennings, etc...) tiveram seus nomes escriturados de forma errada.
A família VAUGHAN, por exemplo, assumiu algumas formas diferentes de escrituração: Vaughon, Waughan e Wanghon.
Recentemente alguns descendentes da família VAUGHAN e de outras famílias, com o auxílio de advogados e seguindo as árvores genealógicas, efetuaram as correções devidas nos cartórios locais e passaram a escrever corretamente os seus nomes.
Devido a pronúncia do nome VAUGHAN ser diferente da forma que é escrita, alguns descendentes passaram a adotar a denominação de “Von”, mas tão somente para facilitar o entendimento da leitura, sem alterar a forma de registro.

We clarified that in terms of errors committed during the notary records in Santarém, in the records of births, several families of confederates (Wallace, Hennington, Rhome, Pitts, Riker, Vaughan, Jennings, etc ...) had their names entered in wrong. The family VAUGHAN, for example, took a few different ways to book: Vaughon, Waughan and Wanghon. Recentemente VAUGHAN some descendants of the family and other families with the help of lawyers and following the tree, made the necessary corrections in notary places and began to write their names correctly. Due to the pronunciation of the name VAUGHAN be different from the way it is written, some descendants moved to adopt the name of "Von", but only to facilitate the understanding of reading, without changing the way of record.