Quem sou eu

Pesquisar este blog

segunda-feira, 20 de julho de 2009

FELIZ DIA DO AMIGO!!!


http://www.aascj.org.br/estampa/inicio-6?gclid=CKPrv4OQ5JsCFRJM5QodOT79_Q

No dia 20 de julho comemora-se o dia do amigo, uma pessoa que não tem laços consanguíneos, mas que é tão dedicado e prestativo quanto às pessoas da família.
A ideia de criação da data surgiu do dentista e professor argentino Enrique Ernesto Febbraro, pois o mesmo analisava que a partir da chegada do homem à lua, o mundo não teria mais fronteiras, deixando de existir as barreiras nos relacionamentos entre as nações, independente da raça, da ideologia ou da religião.
A amizade é conceituada como “sentimento de afeição recíproca, de simpatia e solidariedade, de perfeito entendimento entre grupos de pessoas. É um relacionamento social que gera concordância de sentimentos, posição de respeito ao outro, mesmo tendo opiniões diferentes.”
O Brasil adotou a data rapidamente, pois a população de nosso país é acolhedora, simpática e calorosa. Faz parte do perfil do povo brasileiro ser hospitaleiro e fazer muitas amizades.
Amigo é aquele que estende a mão quando precisamos, que faz críticas construtivas para que possamos crescer enquanto pessoas, que sofre com nossas angústias e com nossos problemas, mas está sempre do lado, dando forças e incentivando-nos a lutar, a não desistir dos nossos sonhos.
Precisamos ter cuidado mesmo com os chamados amigo “da onça”, aqueles que se fazem de amigos, mas que não o são, enganando os outros com sentimentos falsos, inveja e intriga. Esse “personagem foi criado pelo cartunista pernambucano Péricles de Andrade Maranhão, em 1943”, colocando seus companheiros em embaraçosas situações.

Por Jussara de Barros
Graduada em PedagogiaEquipe Brasil Escola

Nenhum comentário:

Bandeira da ASDECON

Bandeira da ASDECON
ASSOCIAÇÃO DOS DESCENDENTES DE CONFEDERADOS AMERICANOS NA AMAZÔNIA

Brasão da família Vaughan

Brasão da família Vaughan

ClickComments

Arquivo do blog

ESCLARECIMENTO / EXPLICATION

Esclarecemos que em função de erros cometidos por ocasião das escriturações nos cartórios de Santarém, durante os registros de nascimentos, diversas famílias de origem confederada (Wallace, Hennington, Rhome, Pitts, Riker, Vaughan, Jennings, etc...) tiveram seus nomes escriturados de forma errada.
A família VAUGHAN, por exemplo, assumiu algumas formas diferentes de escrituração: Vaughon, Waughan e Wanghon.
Recentemente alguns descendentes da família VAUGHAN e de outras famílias, com o auxílio de advogados e seguindo as árvores genealógicas, efetuaram as correções devidas nos cartórios locais e passaram a escrever corretamente os seus nomes.
Devido a pronúncia do nome VAUGHAN ser diferente da forma que é escrita, alguns descendentes passaram a adotar a denominação de “Von”, mas tão somente para facilitar o entendimento da leitura, sem alterar a forma de registro.

We clarified that in terms of errors committed during the notary records in Santarém, in the records of births, several families of confederates (Wallace, Hennington, Rhome, Pitts, Riker, Vaughan, Jennings, etc ...) had their names entered in wrong. The family VAUGHAN, for example, took a few different ways to book: Vaughon, Waughan and Wanghon. Recentemente VAUGHAN some descendants of the family and other families with the help of lawyers and following the tree, made the necessary corrections in notary places and began to write their names correctly. Due to the pronunciation of the name VAUGHAN be different from the way it is written, some descendants moved to adopt the name of "Von", but only to facilitate the understanding of reading, without changing the way of record.